Mensagem de erro

Deprecated function: Array and string offset access syntax with curly braces is deprecated in include_once() (line 20 of /home/amaq8777/public_html/laboratoriosescolares.net/includes/file.phar.inc).

Zonas funcionais

Para suportar a coordenação entre várias actividades laboratoriais e a organização e gestão dos laboratórios escolares, sugerem-se as seguintes zonas funcionais para os laboratórios e salas de apoio/preparação. 

Gestão diária 

  • Arrumação de mochilas e casacos 
  • Papelaria 
  • Preparação 
  • Actividades em espera 
  • Estacionamento de trolleys 
  • Ponto seguro 
  • Gestão de resíduos 
  • Lavagens 
  • Exposição 
  • Divulgação 

Descrevem-se de seguida cada uma destas zonas, definindo-se quando necessário, os seus requisitos. Devem adaptar-se as especificações às necessidades de cada escola. 

Numa fase inicial, para comunicação do conceito de organização e gestão, poderão estar assinaladas com etiquetas plastificadas .

 

1. Gestão diária 

A zona de gestão diária permite a coordenação do dia-a-dia entre professores e eventualmente com um/a assistente operacional de apoio aos laboratórios. É o ponto de paragem obrigatório para um panorama do que está a acontecer no laboratório e para planeamento de actividades. 

Requisitos: 

1. Localização central, em sala de preparação ou laboratório, sendo um ponto de passagem comum a todos os professores 

2. Painel de afixação/magnético/de escrita (caso o seu tamanho seja reduzido, alguns dos documentos devem passar para o dossier de gestão diária) 

2.1 Avisos 

2.2 Registos 

  • material de vidro partido
  • equipamento avariado 
  • material e equipamento emprestado a outras escolas do agrupamento 
  • propostas de aquisição 
28.12 kb

2.3 Horários dos laboratórios com o ano, turma, turno e professor/a 

2.4 Horário do/a assistente operacional de apoio ao laboratório 

3. Bancada 

3.1 Caneta de acetato 

3.2 Etiquetas de aviso plastificadas (para colocar em tabuleiros de actividades. Com a caneta de acetato pode assinalar-se na etiqueta adequada o ano, turma, professor/a e data quando necessário 

  • Actividade em curso 
  • Actividade em espera 
  • Eliminar resíduos 
  • Lavar 
  • Arrumar 

3.2 Álcool e pano (para apagar informação com caneta de acetato sobre etiquetas de aviso) 

3.3 Dossier de gestão diária (conteúdo em micas, com separadores) - etiquetas de lombada 

  • Registos (documentos que não caibam no painel) 
  • Índice de dossiers relevantes e respectivos código de localização 
  • Planta dos laboratórios e salas de apoio/preparação 
  • Horários dos laboratórios com o ano, turma, turno e professor/a 
  • Horário do/a assistente operacional de apoio ao laboratório 
  • Diagramas dos laboratórios e salas de apoio/preparação 
  • Contactos úteis (fornecedores, escolas do agrupamento, etc.) 
  • Documentos fotocopiáveis, p.e. fichas de preparação, rotinas de verificação, relatórios de ocorrência 
  • Inventário de material organizado por ordem alfabética, com respectivos códigos de localização - pode ser impresso a partir do modelo de inventário digital, ordenando a coluna designação por ordem alfabética 
  • Stocks de substâncias e misturas organizado por ordem alfabética, com respectivos grupos de armazenamento e códigos de localização 

3.4 Dossier de fichas de dados segurança por ordem alfabética (conteúdo em micas) 

  • Frases H e P e pictogramas
    550.83 kb
  • Fichas de dados de segurança das substâncias e misturas mais usadas (na próxima sessão será feita esta recolha de acordo com os stocks de cada escola)
  • Porta-documentos, 1 para cada ano curricular com aulas nos laboratórios (e um para assistente operacional de apoio aos laboratórios, se necessário) 
  • Manual escolar do ano curricular, com separadores (post-its, bandeiras adesivas) por actividade prática ou laboratorial proposta ou alternativas de protocolos do/a professor/a
  • Mapas de actividades em curso, por ano curricular (plastificadas. Permitem coordenar com os colegas material e equipamento, actividades em simultâneo ou sequência. A tabela central e a coluna actividade podem ser previamente preenchidas e depois de plastificados, podem ser escritos com caneta de acetato por cima pelos professores com as datas em que prevêm realizar as actividades práticas/laboratoriais previstas no currículo
 

2. Arrumação de mochilas e casacos 

Localizada geralmente próxima da zona de entrada no laboratório, permite aos alunos colocarem mochilas, casacos e outros volumes, desimpedindo as áreas de trabalho. Os favos de arrumação podem servir para este efeito ou, em alternativa, uma bancada ou um trolley. 

 

3. Papelaria 

Concentra todo o material de papelaria útil na preparação ou no decorrer de uma actividade. Poderá estar localizada na sala de preparação, numa zona facilmente acessivel a partir do laboratório ou no laboratório, p.e. atrás da parede de ensino ou num armário próximo da bancada do/a professor/a. 

 

4. Preparação 

A zona de preparação consiste numa bancada sempre livre, apenas ocupada numa fase de preparação de actividades. Poderá estar localizada na sala de preparação ou, em alternativa, no laboratório. 

Requisitos 

  • Acesso fácil a tabuleiros e ao restante material e equipamento   
  • Acesso fácil à zona de estacionamento de trolleys  
  • Acesso fácil a balança (poderá estar sempre na bancada) e outro material de apoio comum em preparações 
  • Acesso fácil a luvas, óculos e máscara de protecção 
  • Acesso a água destilada, pano e dispensador com papel absorvente 
  • Acesso fácil a zona de lavagens 
  • Ficha de caracterização de resistência de diferentes tipos de luvas a substâncias
 

5. Estacionamento de trolleys 

Localizado na sala de preparação, próximo da bancada de preparação e dos acessos aos laboratórios, permite a colocação de tabuleiros para transporte entre os laboratórios e sala de preparação, antes e depois das actividades laboratoriais. Consoante o número de turmas, deve ajustar-se o número de trolleys e tabuleiros disponíveis. 

 

6. Actividades em espera 

Zona para colocação de tabuleiros com actividades laboratoriais já realizadas e que precisam de um certo tempo até estarem concluídas. Esta zona poderá ser uma prateleira ou bancada, próxima de uma janela a sul para facilitar secagens se necessário. Cada tabuleiro deve ter uma etiqueta de aviso identificada com informação sobre a actividade, ano, turma, professor/a, data de colocação na zona de espera e período previsto para permanecer nesta zona.

 

7. Ponto seguro 

Zona que integra o equipamento activo de segurança e informação relevante em caso de acidente. Poderá estar no laboratório ou sala de preparação, devidamente assinalado. Apesar de existir equipamento activo de segurança em vários laboratórios e salas de apoio/preparação, pelo menos um deles deve ser o de referência (por par de laboratórios e sala de apoio/preparação p.e.) 

Requisitos 

 

8. Lavagens 

Zona para lavagem de material utilizado nas actividades laboratoriais. Localizada no laboratório, podendo os alunos neste caso apoiar as lavagens com maior facilidade, ou na sala de apoio/preparação. 

 

9. Gestão de resíduos 

Zona para gestão de resíduos. Localizada na sala de apoio/preparação, poderá estar próxima do armazenamento de substâncias e misturas, bancada de preparação ou hotte, onde o risco de derrame for considerado maior ou de forma a facilitar a circulação. 

Requisitos 

Contentores por tipologia de resíduo 

Kit de derrames (ver CLEAPSS (2009). Chemicals p. 40) 

2,205.46 kb
  • Balde de plástico e sacos de plástico de lixo 
  • 3 tapetes para absorção de derrames, descartáveis 
  • Espátula 
  • Pá e vassoura 
  • 3 pares de luvas de protecção 
  • 3 óculos de protecção 
  • 1 kg de mineral absorvente (p.e. areia de "gato", o suficiente para absorver cerca de 400 ml de líquido ou rodear e conter um derrame maior até se obter mais material absorvente) 
  • Balde com 5 kg de areia (para derrames de fósforo branco, sólidos corrosivos ou grandes derrames) 
  • 0.5 l de detergente para lavagens (para derrames de líquidos orgânicos p.e.) 
  • 0.5 kg de carbonato de sódio anidro (para neutralização de até 250 ml de ácido sulfúrico concentrado) 
  • 0.5 kg de ácido cítrico (para neutralização de até 250 ml de amónia concentrada ou 2.5 l de solução de hidróxido de sódio 2M) 
  • Etiquetas para os 5 itens acima, com a designação, data e hipóteses de aplicação 

Diagrama de tratamento de resíduos 

Fichas de tratamento a algumas substâncias (em micas ou plastificadas, com uma argola para colocação em parafuso na parede, ou outra solução que facilite a sua consulta) 

 

10. Exposição 

Zonas nos laboratórios para afixação ou exposição de trabalhos dos alunos e para exibição de equipamento ou material com valor histórico. No primeiro caso, poderá ser feita em painéis, num hanging system, prateleiras, vãos de janela ou topos de armários. No segundo caso, por exemplo no topo das paredes de ensino, nos favos para o efeito. 

 

11. Divulgação 

Numa vitrine no corredor de acesso aos laboratórios, ou em painéis nos laboratórios, poderão ser divulgados concursos, relatos de actividades e visitas de estudo, fotos, trabalhos relevantes, em temas ligados às Ciências.

Fichas de operações de tratamento (em micas ou plastificadas, com uma argola para colocação em parafuso na parede, ou outra solução que facilite a sua consulta)